Sobre as novas do crédito rotativo do cartão de crédito

O cartão de crédito é um recurso financeiro bastante utilizado pela população brasileiro. Trata-se de uma ferramenta essencial principalmente para as pessoas que vivem com orçamento apertado em períodos de meio de mês. No entanto, embora seja um ótimo serviço, o cartão de crédito é um grande vilão da economia brasileira. Para evitar que esses problemas afetam mais ainda o cenário econômico, foi apresentado este mês novas regras do cartão de crédito. Então, quer saber quais são? Leia o artigo abaixo e informe-se!

cartão de crédito

Novas regras do Cartão de Crédito

As novas regras do cartão de crédito foram definidas pelo Conselho Monetário Nacional, também conhecido como CMN. Elas estão em virgo desde o início do mês. Essas novas regras do cartão de crédito definem que os usuários que não conseguirem fazer o pagamento integral da fatura do cartão de crédito só poderão ficar no crédito rotativo por um período de 30 dias. O crédito rotativo é uma opção ideal para os consumidores que não quer ou não pode efetuar o pagamento da fatura no vencimento, mas pretende realizar o pagamento do valor brevemente.

Com isso, a nova regra do cartão de crédito define que as instituições administradoras de cartões de crédito transfiram para o crédito parcelados, que cobra valores menores, os valores do crédito rotativo que não forem pagos nos primeiros 30 dias.

Essa nova regra foi apresentada, inicialmente, na reforma microeconômica anunciada pelo governo do presidente Michel Temer ao término do ano passado. Com essa nova regra, o governo pretende evitar que o consumidor se endivide indefinidamente com os juros do cartão de crédito. De acordo com dados do Banco Central, a taxa de juro do rotativo encerrou 2016 em 484,6% ao ano.

Como eram as regras do cartão de crédito até agora?

Antes da implantação dessas novas regras à respeito do cartão de crédito, o usuário necessitava pagar, no mínimo, 15% do valor da fatura do cartão de crédito até a data de vencimento da tarifa. Então, o restante da dívida seria empurradas para o próximo mês, com a adição de juros do cartão considerados proibitivo.

Então, no mês seguinte, o consumidor recebia sua tarifa do cartão de crédito com o valor total da dividida do mês anterior mais os juros. Novamente, caso não conseguisse efetuar o pagamento do valor integral, o cliente poderia fazer de novo o pagamento mínimo de 15%, e assim  sucessivamente. É desta ação que surge o apelido “bola de neve” relativo a utilização do crédito rotativo do cartão de crédito.

Com as novas regras do crédito rotativo, o consumidor terá 30 dias para efetuar o pagamento. Após esse período, o usuário poderá pagar o total da fatura, com juros menores, ou pegar um empréstimo com taxas mais baixas para parcelar a dívida. Desta forma, é bom para a econômica brasileira e também um alívio no bolso dos brasileiros.

Fonte: http://creditocartao.com.br/

 

1 thought on Sobre as novas do crédito rotativo do cartão de crédito

  1. Pingback Dicas de melhores Cartões Pré Pagos | Scriptease

Comments are closed